Paysandu vence o Vila Nova de virada e deixa a zona de rebaixamento da Série B

O Paysandu reencontrou o caminho das vitórias depois de amargar um jejum de nove jogos. Neste sábado, o time bateu o Vila Nova por 2 a 1, de virada, no Estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. De quebra, a equipe paraense deixou a zona de rebaixamento.

A última vitória do Paysandu havia sido na quarta rodada, quando bateu o América-MG, por 2 a 0, no dia 2 de junho. De lá para cá, foram cinco derrotas e quatro empates. O time paraense chegou aos 17 pontos e saiu da degola. Por outro lado, o Vila Nova estacionou nos 23 e deixou o G4.

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de quatro mandos de campo devido a briga de torcedores no clássico diante do Goiás, o Vila Nova vai fazer os próximos três jogos como mandante com os portões fechados. A partida deste sábado foi realizada no Juscelino Kubitschek porque o julgamento aconteceu na quinta-feira e não havia tempo hábil para a mudança.

Mesmo com a partida acontecendo em Itumbiara, o Vila Nova se sentia em casa e criou pelo menos três boas oportunidades antes de abrir o placar. Alípio cabeceou a bola na trave e o rebote sobrou para Alan Mineiro, que não marcou porque Marcos Milanezi defendeu em cima da linha.

Na sequência, Alípio recebeu na cara do goleiro e chutou para fora. Aos 45 minutos, Maguinho cruzou e a bola tocou no braço de Fernando Lombardi. O árbitro assinalou pênalti, convertido por Alan Mineiro.

O Paysandu voltou do intervalo com outra postura e empatou logo aos sete minutos. Marcão aproveitou cruzamento de Rodrigo Andrade, se antecipou ao zagueiro e cabeceou para o gol. O Vila Nova sentiu e levou a virada aos 29. Rodrigo Andrade recebeu lançamento de Fábio Matos e bateu na saída de Luis Carlos. Nos minutos finais, Augusto Recife e Rodrigo Andrade foram expulsos, mas os goianos não aproveitaram a ampla vantagem numérica.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 15.ª rodada. O Vila Nova enfrenta o Santa Cruz, às 20h30, na Arena Pernambuco, enquanto o Paysandu recebe o Náutico, às 19h15, no Mangueirão.

FICHA TÉCNICA:

VILA NOVA 1 X 2 PAYSANDU

VILA NOVA – Luis Carlos; Maguinho, Guilherme Teixeira, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Geovane (Tiago Adan), Mateus Muller, Alan Mineiro e Alípio; Mateus Anderson (Léo Rodrigues) e Moisés (Wallyson). Técnico: Hemerson Maria.

PAYSANDU – Marcus Milanezi; Ayrton, Fernando Lombardi, Gualberto e Peri; Augusto Recife, Renato Augusto e Rodrigo Andrade; Magno (Jhonnatan), Marcão (Ricardo Capanema) e Welinton Júnior (Fábio Matos). Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS – Alan Mineiro, aos 45 minutos do primeiro tempo; Marcão, aos sete, e Rodrigo Andrade, aos 29 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Alinor Silva da Paixão (MT).

CARTÕES AMARELOS – Geovane e Léo Rodrigues (Vila Nova); Fernando Lombardi, Rodrigo Andrade, Gualberto e Peri (Paysandu).

CARTÕES VERMELHOS – Augusto Recife e Rodrigo Andrade (Paysandu).

RENDA – R$ 14.670.

PÚBLICO – 818 pagantes.

LOCAL – Estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO).




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: