Home Notícias Brasil O Fim de Lula e Dilma: Escândalo Bilionário na Petrobras é Maior...

O Brasil toma conhecimento de um dos maiores atos de irresponsabilidade de um governo no Brasil

Passadena 1

A compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras é o grande escândalo que o PT vinha abafando, mas acabou chegando ao Tribunal de Contas da União e com largas chances de aterrissar na Justiça CriminalNo início de 2005 a refinaria Pasadena Refining System, de Pasadena, no Texas, foi adquirida pela empresa belga Astra Oil Company, pela quantia de US$ 42,5 milhões; em setembro de 2006 a Astra alienou à Petrobras 50% da refinaria mediante o pagamento de US$ 360 milhões, ou seja, vendeu metade da refinaria por mais de oito vezes o que pagara pela refinaria inteira, um ano e meio antes.

Não seria de estranhar, por conseguinte, que a Astra Oil Co. pretendesse vender os 50% que permaneciam no seu patrimônio. Ocorre que, por desentendimentos cuja natureza ignoro, a Astra ajuizou ação contra a Petrobras e nela a Petrobras teria sido condenada e, mercê de acordo extrajudicial, pagou à Astra US$ 820 milhões, pondo fim ao litígio. 
 
O estranho negócio, que causou prejuízo de pelo menos US$ 1 bilhão à empresa e seus acionistas, tem como protagonistas pessoas muito próximas a Lula e, sob a ótica do escândalo, tem todos os ingredientes necessários para superar com folga o Mensalão do PT.
No olho do furacão estão Guido Mantega, ministro da Fazenda e atual presidente do Conselho de Administração da Petrobras; José Sérgio Gabrielli de Azevedo, ex-presidente da estatal petrolífera e atualmente secretário no governo Jaques Wagner; Almir Guilherme Barbassa, diretor financeiro da empresa e presidente da Petrobras International Finance Co., a caixa de Pandora da empresa; Nestor Cerveró, diretor financeiro da BR Distribuidora; e Alberto Feilhaber, funcionário da Petrobras durante duas décadas e há alguns anos trabalhando na Astra Oil, uma das empresas do grupo que atraiu a Petrobras para a refinaria de Pasadena e depois largou a bomba nas mãos dos brasileiros.
Pasadena 2
O escândalo ganha contornos maiores e mais perigosos porque à época do negócio, que pode acabar em tribunal de Nova York a pedido de investidores internacionais, a presidente do Conselho de Administração da Petrobras era Dilma Rousseff, que posicionou-se contra o projeto apresentado por José Sérgio Gabrielli, seu desafeto, mas que por imposição de Lula foi obrigada a aceitar o negócio.
Com um terço do seu valor corroído nos últimos três anos e enfrentando sérios problemas de fluxo de caixa, inclusive com direito a atraso no pagamento de fornecedores, a Petrobras vem assustando o mercado financeiro, cujos analistas apostam em um rombo de alguns bilhões de dólares na estatal. Esse crime em termos de governança corporativa que o PT cometeu na Petrobras é infinitamente mais danoso do que a eventual privatização da empresa.
Acontece que nenhum ser humano minimamente lógico e dotado de inteligência, a ponto de ser guindado a cargos de direção em uma empresa como a Petrobras, aceita um negócio lesivo, como a compra da refinaria texana, sem que haja um plano diabólico por trás.
O Ministério Público Federal (MPF) já se debruça sobre o preâmbulo de uma ação que investigará casos concretos de superfaturamento em contratos firmados pela Petrobras durante a gestão de José Sérgio Gabrielli. Na mira do MPF também estão outros escândalos envolvendo a Petrobras, como o da Gemini, empresa através da qual governo brasileiro repassou, não de graça, o monopólio de produção e comercialização de gás natural liquefeito (GNL) a uma companhia norte-americana.
 

MPF abre investigação sobre refinaria de Pasadena

O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (MPF) NO ESTADO DO RIO INSTAUROU UM PROCEDIMENTO INVESTIGATÓRIO CRIMINAL PARA APURAR POSSÍVEIS INFRAÇÕES NA COMPRA DA REFINARIA DE PASADENA (TEXAS, EUA) PELA PETROBRAS. A PORTARIA FALA EM POSSÍVEL EVASÃO DE DIVISAS E PECULATO, POR INDÍCIO DE SUPERFATURAMENTO.
Pasadena 3
A atual presidente da Petrobras, Graça Foster, foi intimada a depor. Também foram intimados dirigentes que estavam no comando da companhia na época em que o negócio foi feito: o ex-presidente José Sergio Gabrielli, o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa e o ex-diretor de Internacional Nestor Cerveró.
A portaria é assinada pelo procurador da República Orlando Monteiro Espíndola da Cunha. O procurador também pede uma série de documentos à companhia, incluindo os contratos com a Odebrecht Engenharia Industrial, que contemplam serviços em Pasadena. A Petrobras revisou este ano para quase à metade o contrato fechado na gestão anterior por US$ 840 milhões.
Pasadena 4
Serão apurados tanto o acordo com a Odebrecht quanto a aquisição de Pasadena por valor acima do de mercado, dois casos revelados pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. O MPF diz que o fato de a Petrobras ter gastado US$ 1,18 bilhão para a compra de uma refinaria que, há oito anos, custou à sua ex-sócia US$ 42,5 milhões “revela possível compra superfaturada de ações pela Petrobras”.
E que o teor da representação oferecida ao MPF neste ano pelo Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União relata “ocorrência de fatos capazes de configurar (possível) delito de evasão de divisas”. “Se houve superfaturamento tem de ficar esclarecido, assim como o motivo”, disse Espíndola ao Broadcast. “Em tese, dirigentes que participaram podem ter se beneficiado”. A investigação pode gerar denúncia à Justiça Federal. Peculato é o crime em que se enquadra desvio de recursos por funcionários públicos. Evasão de divisas é crime contra o sistema financeiro, passível de prisão.

Confira abaixo como a refinaria de Pasadena transformou-se em um bilionário barril de pólvora prestes a explodir e escândalo que que ronda a refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco!

Pasadena 5

A compra de uma refinaria de petróleo em Pasadena, nos Estados Unidos, considerada obsoleta e pequena para os padrões locais, é o escândalo da vez e tem tirado o sono de muitos integrantes da cúpula petista, preocupados com a reverberação do caso se as investigações avançarem na direção certa, como já demonstra o Ministério Público Federal. O bisonho negócio começou com a empresa belga Astra Oil comprando a Pasadena Refining System por US$ 42 milhões. Passado um ano, os belgas venderam metade da empresa norte-americana à Petrobras por US$ 360 milhões.

Como todo escândalo petista sempre tem um capítulo extra, a Petrobras foi obrigada pela Justiça dos Estados Unidos, após uma confusão programada, a pagar US$ 839 milhões por uma refinaria sem condições de processar o petróleo brasileiro. A estatal petrolífera tenta, sem sucesso, se desfazer do mico criado, não por acaso, pelo ex-presidente da empresa, o petista José Sérgio Gabrielli de Azevedo, que ostenta em seu o currículo o título de PhD em Economia pela Boston University.
Pasadena 6
A presidente Dilma Rousseff ejetou Gabrielli do comando da estatal, mas desde então não mais tocou no assunto que, quando é lembrado, causa incômodo e nervosismo generalizado no terceiro andar do Palácio do Planalto. Até agora, a Petrobras recebeu apenas uma oferta pela refinaria em Pasadena: US$ 180 milhões. Atual presidente da empresa, Maria das Graças Foster não sabe o que fazer. Se aceitar a única proposta, colocará no já sacrificado caixa da Petrobras um prejuízo de pouco mais de US$ 1 bilhão, mas há quem garanta que essa conta macabra passa de US$ 1,6 bilhão.
 
O caso da refinaria de Pasadena é um considerável escárnio, que exige explicação por parte de Dilma Rousseff e de Lula, mas o calo maior no pé da Petrobras está construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.
Anunciada por Lula com a pirotecnia oficial que todos conhecem, a refinaria de Abreu e Lima deveria seria erguida em parceria com a Venezuela do tirano e moribundo Hugo Chávez, que até o momento não aportou um tostão no empreendimento. Com a Venezuela, que tem 40% do negócio, deixando de honrar o compromisso, restou ao governo brasileiro usar o dinheiro do contribuinte para não interromper a obra.
Com previsão inicial de investimento na casa dos US$ 3 bilhões, o orçamento da refinaria pernambucana já saltou para incríveis e absurdos US$ 20 bilhões, podendo ganhar, até o final do empreendimento, um acréscimo de mais US$ 10 bilhões.

Executivos rebatem versão de Dilma sobre a Petrobras

A presidente Dilma Rousseff e todos os demais membros do Conselho de Administração da Petrobras tinham à sua disposição o processo completo da proposta de compra da refinaria em Pasadena (EUA), segundo dois executivos da estatal. Na documentação integral constavam, segundo os relatos, cláusulas do contrato que a petista diz que, se fossem conhecidas à época, “seguramente não seriam aprovadas pelo conselho” da estatal.

Reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” trouxe ontem a informação de que Dilma, na época presidente do Conselho de Administração da Petrobras, votou a favor da compra de 50% da refinaria em 2006, pelo valor total de US$ 360 milhões. Em resposta ao jornal, ela justificou que só apoiou a medida porque recebeu “informações incompletas” de um parecer “técnica e juridicamente falho”.

O episódio gerou mal-estar na Petrobras, tensão no Executivo e corrida no Congresso para a aprovação de uma CPI em pleno ano eleitoral para investigar o caso. A compra da refinaria é investigada pelo Tribunal de Contas da União, Ministério Público do Rio e pela Polícia Federal. A principal polêmica é o preço do negócio: o valor que a Petrobras pagou em 2006 à Astra Oil para a compra de 50% da refinaria é oito vezes maior do que a empresa belga havia pago, no ano anterior, pela unidade inteira.

Além disso, a Petrobras ainda teve de gastar mais US$ 820,5 milhões no negócio, pois foi obrigada a comprar os outros 50% da refinaria. Isso porque a estatal e a Astra Oil se desentenderam e entraram em litígio. Havia uma cláusula no contrato, chamada de “Put Option”, estabelecendo que, em caso de desacordo entre sócios, um deveria comprar a parte do outro.

Fonte: Blog do Cleuber Carlos, Veja e IstoÉ
 
4 Respostas Para este post
  1. Este é o país da Corrupção, claro que o citado da matéria não foi somente um negócio bilionário mau feito, tem muito mais coisas por trás disso. Diferente de países civilizados, onde crimes de menor monta são suficientes até para cair governo, aqui a “cara de pau” dos governantes, em atitudes claramente nefastas, é uma coisa impressionante.
    Já se acostumaram a dar explicações infantis de ações, como essa da Petrobrás, basta liberar alguma verba nos cartões “sociais”, comprar algum partido com cargos e verbas para ter maioria, e sendo assim não será implantado investigações e só aprovar leis que interessam ao governo…. e a coisa vai seguindo dessa forma, o povo trabalhador e empresários honestos pagando a conta.. Pois para resolver problemas é só o governo aumentar ou criar impostos.
    Além disso, ainda o Governo “generosamente” financia, doa dinheiro, apoia outros países que ideologicamente pensa igual ao governo atual, como Cuba, Venezuela, Colômbia, Países africanos nas mãos de ditadores.
    Para quem combatia tanto a ditadura aqui no Brasil, acho muito estranho essa postura do governo em apoio a esta outra ditadura em que vivem esses países citados. Por mais leigo que a pessoa seja, sabe muito bem o caos que vive a Venezuela, a opressão em que vive o povo Cubano, que preferem fugir, enfrentando o mar em boias ou jangadas, do que ficar no país… Imaginem como a coisa é complicada por lá…. É esse tipo de governo que infelizmente tem o apoio do governo do PT. Ai eu me pergunto…? Será que o objetivo é criar o ambiente para que o Brasil se torne um modelo de administração tipo Cuba ou Venezuela??? Pessoalmente tenho muito medo disso.
    Acho que a democracia tem que prevalecer, mas de forma limpa. Esse modelo de gestão que estão imprimindo ao Brasil a “DEMOcracia” está caminhando por lados obscuros.
    Que o povo fique esperto, votando corretamente, e mais que isso, cobre sistematicamente dos que forem eleitos, no que tange a reformas urgentes que o país necessita, na transparência, na honestidade, na competência.
    Imagino que sem a participação e cobrança da sociedade, qualquer partido que entrar, tende a seguir esse modelo tradicional de politicalha, com alguma ou outra pequena diferença.

    • VENDO TUDO QUE ESTA PASSANDO NO BRASIL ( VIVO FORA DO PAIS) E VENDO O QUE ANDA PASSANDO DIARIAMENTE NA VENEZUELA, AQUI A TELEVISAO MOSTRA TODOS OS DIAS , OS ESTUDANTES VENEZUELANSO MESMO SENDO ABATIDO A TIROS NA “CABECA” , OS SOBREVIVENTES SEGUEM A LUTA , FALAM QUE NAO VAO PARAR ATE QUE O TAL DO “MADURO ” CAIA ( PARECE PIADA, MAS NAO EH) , EU PENSO QUE DILMA E LULA ESTAO TRATANDO DE INVENTAR NEGOCIOS NESTES PAISES COMUNISTAS , NADA MAIS ESTAO GUARDANDO NOS BANCOS ( DE CUBA PRINCIPALMENTE) O DINHEIRO QUE ESTAO ROUBANDO , PARA ELES MESMOS, QUANDO TUDO FOR DESCOBERTOS , IREM VIVER LA EM CUBA LIVREMENTE , POIS SABEMOS QUE NINGUEM ENTRA EM CUBA SEM O CONSENTIMENTO DO RAUL CASTRO.
      SO PODE SER ISSO !! , NINGUEM INVESTE EM PAISES FALIDOS COMO CUBA, VENEZUELA, NICARAGUA …. POR FAVOR !! , TA NA CARA O QUE ELES PRETENDEM FAZER .

  2. O povo fica iludido com novelas, big brother´s da vida e não se atentam que o Brasil poderia ser melhor se não fosse tenta roubalheira impune, acho que o maior castigo castigo para estes ladrões além de meter na cadeia, tem que tomar todos os bens para compensar o estado que foi lesado. quando digo estado entenda-se povo em geral.

  3. LADRÕES: GABRIELLI, O MAIOR LADRÃO DO BRASIL

    O Crime Organizado, suas Quadrilhas, seus Chefes e Operadores no Poder, e com Poder de DECISÃO de mando para agir e decidir com o aval do Palácio do Planalto.

    José Sérgio Gabrielli, Graça Foster, Dilma Rousseff e Paulo Roberto Costa em visita à Plataforma P-56, em Angra dos Reis, em junho de 2011

    Quem é Quem no PODER?

    Paulo Roberto Costa, que era diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras, um dos autores do contrato de compra da refinaria de Pasadena, preso pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato, foi nomeado por um acordo entre José Dirceu, (ministro chefe da Casa Civil à época), Pedro Corrêa (Presidente do PP, Deputado Federal à época),e José Janene, Líder do PP,na Câmara dos Deputados a época,um dos réus do esquema do mensalão. Já Falecido. E que foi substituido pelo operante Pedro Henry, também condenado na Ação 470 do Memsalão. Esse ramo dentro do PP se estende como um câncer que devemos extirpar combatendo a impunidade. Hoje você tem o Líder no Partido na Câmara, Eduardo da Fonte, sobrinho de Severino Cavalcanti, e cria de Pedro Corrêa, e de toda essa gente. Pois do contrário não seria Líder do Partido.
    Na época, o caso de Pedro Corrêa foi examinado pela Corregedoria da Câmara e terminou arquivado, mesmo diante de muita polêmica e das denúncias do relator da CPI, deputado Luiz Antônio de Medeiros (PL-SP), de estar sofrendo forte pressão política para inocentá-lo. A filha do ex-deputado, Aline Corrêa, hoje deputada federal pelo Estado de São Paulo, também esteve envolvida naquele processo, assim como seu marido,à época, José Antônio Newald, mas asdenúncias foram igualmente arquivadas. É Operadora do Esquema de Paulo Roberto Costa com as empresas que atuam no segmento de Abastecimento da PETROBRAS.

    A derrocada das empresas de Eike Batista é um dos motivos que colaboraram para um deficit milionário dos fundos de pensão no Brasil, e tudo feito com a ordem direta de Lula e Dilma. Não existe precedente em toda a História de fatos como esses. E nada foi feito. O Chefe Oculto de tudo é LULA. Todos sabem, e nada é feito contra o Crime de Lesa-Pátria. Os Ministros do PT, no Supremo Tribunal Federal, tem que enchergar que ao julgarem ideologicamente e não a luz do direito, colocaram o Brasil, em trevas a beira do abismo. E vão pagar caro por isso. Roubo é Roubo, Ladrão é Ladrão, Quadrilha é Quadrilha!

    Veja ainda, as empreiteiras que fazem doação fora do período de campanha. Tudo isso é Lavagem de Dinheiro, dentro de um esquema de lavagem novo, onde o dinheiro não sai das empresas para não chamar a atenção e ficar no sistema financeiro de forma quente e legitima. Isso foi organizado pelo ex-presidente da Petrobras JOSÉ SÉRGIO GABRIELLI DE AZEVEDO.

    Nas solenidades no Palácio do Planalto, no 3 andar, onde esta o Gabinete Presidencial, por várias vezes, quando presente as Solenidades, Pedro Crorrêa, acompanhava ao término do evento a presidenta Dilma ao seu gabinete. Basta ver as fitas: Ela na frente, ele a um passo atras e a segurança. Para se reunirem e discutirem assuntos relacionados a Paulo Roberto Costa e seus interesses em sua área. Vejam ainda, quem era o diretor-adjunto de Paulo Roberto Costa, na diretoria de Abastecimento da Petrobras. Alan Kardec Duailibe, homem de confiança e operador de Walfrido Silvino dos Mares Guia Neto, que ocupou cargo de ministro de relações institucionais do governo do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. Walfrido, é um dos mentores do Mensalão mineiro. A Justiça de Minas Gerais decretou extinta a punibilidade de Walfrido dos Mares Guia, acusado de participar de esquema de desvio de dinheiro público em 1998 para a campanha do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

    Nas ações penais 536 e 606 são apurados possíveis desvios de dinheiro público durante a campanha de Azeredo. Segundo a Procuradoria Geral da República, o então candidato teria se beneficiado de recursos procedentes de um esquema que envolveu a empresa de publicidade SMP&B, de propriedade do publicitário Marcos Valério, condenado a Ação Penal 470, o processo do mensalão, por fatos semelhantes. De acordo com a procuradoria, R$ 3,5 milhões foram desviados de empresas estatais mineiras para a campanha.

    A juíza Neide da Silva Martins, da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, entendeu que as acusações de peculato e formação de quadrilha prescreveram em 2012, quando Mares Guia completou 70 anos. “Tendo transcorrido prazo superior a oito anos entre os fatos e o recebimento da denúncia, declaro extinta a punibilidade do réu Walfrido Silvino dos Mares Guia Neto, qualificado nos autos, pela ocorrência da prescrição da pretensão punitiva do Estado”, decidiu a juíza.

    A Refinaria de Pasadena, é café pequeno, se comparado a desmobilização e venda de ativos da Petrobras feita por Graça Foster com o aval da Presidenta DILMA, depois de um final de semana no Palácio da Alvorada. Sem consulta ao Conselho de Administração da empresa.

    A PDVSA e a Refinaria ABREU e LIMA
    A Refinaria de Abreu e Lima, a PDVSA, não aceitou vir a participar da Refinaria, devido ao sobrepreço do custo político Brasil, para fazer caixa, de mais de Us$ 2 bilhões, para os envolvidos no esquema. Diga-se PT e PP, sobre o comando de Pedro Corrêa. Só na terraplenagem ouve sobrepreço de mais de R$ 250 milhões de reais para esse time. Portanto a PDVSA, não aceitou participar do esquema de corrupção montado por LULA, Dirceu e Corrêa.

    Amigas Perigosas da Presidente DILMA
    Denise Abreu, ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) preocupa os palacianos próximos à presidente Dilma Rousseff, muitos pensaram ser um exagero, mas isso vem se confirmando a cada dia. E se fizemos tal afirmação é porque as informações recebidas dão conta que essa é de fato a situação que reina no Palácio do Planalto quando surge em alguma conversa o nome de Denise Abreu ou Erenice Guerra. Erenice e Denise, tem visitado empresários do setor de P&G, para pedir dinheiro em nome de Dilma, e propor negócios na área de Paulo Roberto Costa. Nesse assunto a presidente tem tido o seu nome usado de forma indevida, mais a situação é muito séria.

    Contrato Bilionário dado por Gabrielli a WTORRES, de US$ 25 bilhões de dólares sem licitação, a época, a uma empresa sem tradição no setor de Petróleo e Gás, foi o maior crime já cometido por essa gestão do PT. Palocci, na época conselheiro da Petrobras, foi contratado pela empreiteira para fechar o contrato.
    Tudo isso já existia, mais piorou muito com a chegada de Lula e Dilma ao Poder. É hora de acabar com essa farra!

    LULA É O REI DOS LADRÕES
    http://www.dpf.gov.br/agencia/noticias/2014/03/operacao-lava-jato-desarticula-rede-de-lavagem-de-dinheiro-em-7-estados

Comente esta notícia. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

NOTÍCIAS