Marconi Perillo volta a se referir a Lula como o maior canalha do Brasil

O governador Marconi Perillo afirmou neste domingo, durante a Convenção Nacional do PSDB que elegeu o senador Aécio Neves (MG) presidente da legenda, que a crise econômica e política vivida pelo País comprovam que ele “falou a verdade” quando afirmou, na convenção anterior que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2002-2010) é “canalha”.

“Na convenção passada, quando nosso querido Aécio foi eleito presidente, eu disse aqui algumas coisas que não agradaram a alguns. Eu chamei esse líder do lulo-petismo de canalha e aqui as coisas estão comprovando que eu não estava faltando com a verdade”, disse Marconi, sob fortes aplausos. “Fomos perseguidos, prejudicados, naquela época mesmo eu fiquei seis meses no congelador. Mas não tem problema, porque nós estamos falando a verdade, e não é só no discurso, não”, afirmou o governador, afirmou, em referência ao episódio, durante a convenção de 2013.

Marconi disse que a onda de corrupção que assola o País sob os governos petistas seria maior não fosse o processo de privatização implementado nos governos de Fernando Henrique (1995-2002). “Eu vejo as notícias sobre o Petrolão e fico imaginando se o nosso presidente Fernando Henrique não tivesse tido a coragem de privatizar a Vale, a CSN, a Embraer, as teles. Imaginem, imaginem essas empresas todas nas mãos dos governos do PT. Não sobraria nada, nada!”, completou o governador.

SAIBA MAIS: Marconi Perillo diz que Lula é o maior canalha do Brasil




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: