Jihadista argelino Belmokhtar morre em ataque dos EUA na Líbia

AFP – O Exército norte-americano atacou um “terrorista vinculado a Al-Qaeda” na Líbia, informou o Departamento da Defesa neste domingo (14).

“Estamos avaliando os resultados da operação e daremos informações adicionais quando for o momento”, afirmou o porta-voz do Pentágono, coronel Steve Warren, acrescentando que a ofensiva aconteceu “na noite passada”.

De acordo com agências internacionais, o governo da Líbia afirma que o militante argelino Mokhtar Belmokhtar, líder do grupo Al-Murabitoun, foi morto durante o ataque aéreo dos EUA.

“Aviões americanos realizaram uma operação que terminou com a morte de Mokhtar Belmokhtar e de outros combatentes líbios que pertenciam a uma organização terrorista no leste da Líbia“, anunciou Tobruk em nota divulgada em sua página no Facebook.

A instabilidade na Líbia após a queda do regime de Muammar Kadafi em 2011 permitiu o surgimento de regiões com vácuo de poder onde milícias vinculadas à Al-Qaeda e aos jihadistas do Estado Islâmico (EI) encontraram refúgio.

O Estado Islâmico, que ocupa amplas regiões da Síria e do Iraque, se fortaleceu na cidade líbia de Sirte, enquanto grupos islâmicos se aliaram com a Al-Qaeda.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: