Governo de Goiás tem autorização para buscar mais R$ 2,174 bilhões para investimentos

 

O governo Marconi conquista o direito de buscar mais R$ 2,174 bilhões em empréstimos para investimentos em infra-estrutura.

 

O governo federal aumentou em R$ 9,031 bilhões o limite de endividamento dos estados de Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul. Os governos poderão contratar empréstimos, em instituições como o BNDES, a Caixa e o Banco do Brasil, para realizar investimentos em infra-estrutura. O anúncio foi feito durante reunião entre o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e governadores e secretários dos estados. Minas Gerais poderá pegar empréstimos de mais R$ 6,126 bilhões.

Para Goiás, o limite foi ampliado em R$ 2,174 bilhões. O governador  Marconi Perillo disse que, com a medida, o espaço do estado para operações de crédito chega a R$ 4,6 bilhões. “O recurso será usado basicamente em infraestrutura. Vamos investir na malha rodoviária, duplicações, construção de rodovias, aeroportos, pontes, saneamento básico. Uma parte vai também para o VLT de Goiânia”, disse. De acordo com Perillo, um total de R$ 350 milhões será usado para quitar dívidas do governo anterior.

Com a assinatura do aumento do limite de dívida desses três estados, chega a R$ 58,311 bilhões o aumento do limite de contratação de crédito para 21 estados.

 

Fonte: O Globo




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: