Efetivo policial de Rio Verde será ampliado

O vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, anunciou nesta quarta-feira, dia 29, em Rio Verde, a ampliação do efetivo policial no município. A partir de agora, os 51 alunos soldados que fazem o Curso de Formação ficarão de forma permanente na região. Ele informou, em primeira mão, a regionalização do concurso da PM. Com isso, mais 150 militares se juntarão ao batalhão local a partir do próximo concurso.

Outro mecanismo anunciado pelo secretário foi a ampliação das horas extras remuneradas, a AC-4, que permite aos comandantes a condição de colocar mais homens em serviço para fortalecer o efetivo. “Vamos seguir nessa marcha, fortalecendo e equipando as policias”, disse ao informar que, a partir de agosto, a frota de viaturas será renovada e que mais de 2.500 pistolas estão sendo adquiridas.

Os anúncios foram feitos durante troca de comandos em Rio Verde. O 2º Batalhão da Polícia Militar e a 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), tem novos comandantes. O tenente-coronel Henrique de Moura assume o 2º BPM, no lugar do tenente-coronel Wilmar Rubens. O capitão Joaquim Júnior estará à frente do comando da 19ª CIPM, ocupando o posto deixado pelo major Jeovaldo Ataídes.

A solenidade aconteceu com a presença do comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, e de autoridades locais, como o prefeito Juraci Martins. A troca de comando é uma ação rotineira. Segundo o vice-governador, é também um dos resultados da audiência pública realizada há cerca de duas semanas no município.

Mais segurança
“Esse conjunto de ações que anunciamos hoje me dá a confiança e a certeza de uma atuação muito melhor no ponto de vista de oferta de segurança pública em Rio Verde”, afirmou durante entrevista. Para Eliton, a renovação “é uma forma de buscar o melhor perfil do comandante para as ações operacionais definidas pela secretaria e pelo comando-geral”. Segundo o secretário, os crimes patrimoniais são a grande preocupação da pasta, mas observou que a redução é meta estabelecida para os novos comandantes. “Temos confiança de que vamos vencer essa guerra”.

O comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, homenageou os ex-comandantes com o Distintivo de Comando e elogiou a atuação deles. Para os novos dirigentes, Alves determinou que eles “façam a diferença na cidade” com a missão de melhorar os índices de criminalidade. “Precisamos mostrar a que viemos, vamos transformar a segurança nesse município”, afirma. O coronel Alves elogiou o trabalho realizado por José Eliton à frente da SSPAP e disse que “em três meses, cerca de R$ 15 milhões foram investidos na aquisição de equipamentos”, diz.

Combate ao crime
José Eliton, elogiou o trabalho realizado por Wilmar Rubens, ao relatar a queda nos indicadores de roubos a propriedades rurais. “Tendo como comparação o mesmo período do ano passado, os índices foram reduzidos a 50% nesses crimes”, disse. Citou também que os dados demonstram forte queda em homicídios na região.

Em relação aos crimes patrimoniais, Eliton disse que esse ainda é um grande desafio no município, mas afirma que as respostas serão positivas. “Sabemos dos desafios, mas é preciso agirmos com rapidez, com inteligência, com pulso forte, sempre em respeito à legislação vigente”. Ele reforçou que a polícia tem que ser respeitada. “Vamos agir com a dureza que a lei nos permite, agir de forma rígida”.

“Um aviso para aqueles que insistirem em infringir a legislação: nós vamos atuar. Cada policial militar, civil, bombeiro está a postos. Temos capacidade para ir ao enfrentamento”, disse. “Os resultados em Rio Verde, a população já começa a observar, mas será cada vez mais visível, mais palpável para cada cidadão”, finaliza.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: