Diretor diz que “A bela e a fera” terá cena exclusivamente gay

A Disney irá exibir sua primeira cena “exclusivamente gay” no remake com atores de “A bela e a fera”, de acordo com o diretor do filme. Os protagonistas, os britânicos Emma Watson e Dan Stevens, serão heterossexuais, mas o ajudante LeFou, braço-direito de Gaston interpretado pelo ator americano Josh Gad, aparecerá confuso em relação à própria sexualidade.

“LeFou é alguém que um dia quer ser Gaston e no outro dia quer beijar Gaston”, explicou o diretor Bill Condon à revista gay “Attitude”, em entrevista publicada nesta quarta-feira (1º). “Ele está confuso sobre o que quer. É alguém que está se dando conta de que tem esses sentimentos. É um momento legal e exclusivamente gay em um filme da Disney.”

O editor-chefe da “Attitude”, Matt Cain, disse ser um passo importante em direção a uma representação justa de pessoas LGBT na mídia. “Ao representar a atração entre pessoas do mesmo sexo neste curto, porém explícito, momento gay, o estúdio está mandando uma mensagem que isto é normal e natural — e esta é uma mensagem que será ouvida em todos os países do mundo, até mesmo onde é socialmente inaceitável ou até mesmo ilegal ser gay”, afirmou.

Animação recriada

“A bela e a fera” estreia em 16 de março no Brasil. O filme é uma recriação da animação original de 1991, dirigida por Gary Trousdale e Kirk Wise, que arrecadou US$ 424 milhões no mundo todo e se tornou o primeiro longa do gênero a ser indicado ao Oscar de melhor filme.

Na história, um príncipe é transformado em uma figura bestial e uma jovem aceita viver em seu castelo em troca da liberdade do pai. O elenco tem ainda Ewan McGregor, Ian McKellen, Emma Thompson, Josh Gad e Stanley Tucci.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: