Deputado quer acabar com fundo partidário

Após a aprovação da Câmara para criação de um caixa público com R$ 3,6 bilhões para financiar campanhas, o deputado Roberto de Lucena (PV-SP) vai apresentar um projeto que propõe extinguir o atual fundo partidário.

Segundo divulgado na coluna Painel da “Folha de S. Paulo”, Lucena sugere que as siglas sejam financiadas pelos próprios filiados e não dependam de recursos do Orçamento.

Para o parlamentar, “os partidos que têm conexão com a sociedade terão condição de ser manter”.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: