Após quase cinco meses desaparecido, ‘menino do Acre’ volta para casa

O Dia – Após ficar quase cinco meses desaparecido, Bruno Borges, também conhecido como o “menino do Acre”, retornou para sua casa na manhã desta sexta-feira. A informação foi confirmada pelo pai do jovem, Athos Borges.

Em entrevista ao site G1, o pai do do jovem de 24 anos revelou que, no entanto, Bruno não deve ficar na casa onde morava com sua família devido ao grande número de curiosos que vão ao local querer saber mais sobre a história do rapaz.

“Não vamos comentar muito. Ele já não vai ficar mais em casa, tem muita gente vindo aqui. Ele vai ficar em outro lugar, ele voltou sozinho. Isso é tudo que podemos falar”, disse Athos.

Relembre o caso

Bruno Borges, 24 anos, desapareceu no dia 27 de março, em Rio Branco, no Acre. Estudante de Psicologia, o jovem participava de um almoço em família quando foi visto pela última vez. Segundo sua família, semanas antes, Bruno já havia vivido período de reclusão dentro de seu próprio quarto.

O quarto do rapaz é mais um motivo para o mistério. Erudito, com interesse pela filosofia, a família acredita que Bruno tenta continuar trabalho do teólogo Italiano Giordano Bruno (1548-1600), por quem o estudante tem grande interesse.

Em seu quarto foram encontrados os 14 livros escritos a mão e criptografados, além de uma estátua de Giordano, avaliada em R$ 7 mil.

Livro

O primeiro livro de acreano, que renderia, segundo a polícia, lucro para ele e seu amigo Marcelo, que foi preso por falso testemunho, já foi lançado – o título é o primeiro da série TAC – Teoria da Absorção do Conhecimento. Antes mesmo de ser lançado, o livro já tinha conquistado o primeiro lugar no ranking dos mais procurados e já estava com mais de 17 mil exemplares reservados.

Entretanto, a série de Borges tenta revelar uma metodologia capaz de potencializar a absorção e a criação de novos conhecimentos. O acreano também propõe uma série de práticas e mecanismos que podem levar o indivíduo a multiplicar seus conhecimentos.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: