Após imbróglio, Moisés amplia contrato com o Vila Nova até o fim de 2018

Vila Nova e Moisés finalmente chegaram a acordo para ampliação do contrato, que terminava no fim de 2017. O atacante tinha proposta do Ceará e chegou a acionar o clube na Justiça na semana passada alegando atraso no salário e em outros direitos trabalhistas. Nesta quarta-feira, o jogador concedeu entrevista coletiva ao lado do presidente Ecival Martins e falou sobre a negociação.

Moisés assinou novo contrato, que agora termina no fim do ano que vem, e, segundo ele, o valor definido não é nem a metade do que foi oferecido pelo time nordestino. A conduta do Ceará, aliás, foi o ponto mais criticado por Ecival Martins, que classificou a atitude dos dirigentes do Vozão como “irresponsável”. Ecival Martins afirma que o novo acordo está dentro da realidade financeira do Vila Nova e que o Tigrão não precisará de parceria para arcar com os custos do jogador.

– Hoje (quarta-feira) é um dia muito especial para o Vila Nova. Tivemos uma semana conturbada, mas conseguimos chegar a um bom acordo. Tudo feito com trabalho e sinceridade das duas partes. O Moisés fica no Vila por mais duas temporadas. Ele sabe da realidade do clube e nunca colocou a “faca na garganta” do Vila. Foi muito sensível. É como casamento. A situação foi resolvida – disse Ecival Martins em entrevista coletiva.

O dirigente admitiu que talvez tenha faltado agilidade para negociar com Moisés depois do Campeonato Brasileiro. Embora tivesse contrato com o Vila Nova até o fim de 2017, o atacante buscava uma valorização, que foi concedida pela diretoria colorada. Neste período o Ceará fez proposta salarial seis vezes maior do que o Vila paga a Moisés, segundo Ecival Martins.

– O mal-entendido foi o seguinte: houve uma proposta muito alta por parte do Ceará. Uma proposta feita de forma irresponsável. O atleta em vínculo com o Vila Nova. O Ceará não respeitou e assediou. Qualquer um fica balançado com uma proposta financeira seis vezes maior do que recebe. Eu perguntei para o Moisés se ele queria ficar e ele sempre foi claro. Por isso, está aqui.

“Vou conquistar a torcida de novo”

Cinco dias após ter acionado o Vila Nova na Justiça, o atacante Moisés admitiu que talvez tenha se equivocado diante da boa proposta financeira feita pelo Ceará. Apesar disso, o atacante se mostra satisfeito por ter continuado no Tigrão e não teme que sua imagem fique prejudicada diante da torcida. Moisés afirmou que ter acionado o clube foi também uma forma de resolver a situação de maneira mais rápida. Ele acredita que vai reconquistar o torcedor colorado.

– Nunca pedi nem a metade do que o Ceará me ofereceu. O valor definido foi o que pedi logo depois da Série B. Conheço a realidade do Vila Nova. Talvez eu tenha me equivocado pelo fato de ter essa proposta e também de ter alguns direitos não cumpridos. Eu sempre procurei renovar o contrato, acho que existia esse erro por parte do Vila Nova também. Com relação ao torcedor, quando cheguei aqui eu não era “ninguém”. Sei da minha responsabilidade. Se for preciso reconquistar o torcedor, estou pronto.

Fonte: Globo Esporte




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: